Detidos em Espanha suspeitos do sequestro na Lourinhã

Em comunicado de imprensa a Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, em estreita articulação com a Guardia Civil de Espanha, desencadeou a localização e detenção, de dois homens, de 21 e 40 anos, cidadãos portugueses, por suspeitas de sequestrarem e alvejarem tio e sobrinha na Lourinhã, no passado dia 25 de agosto.

Os dois homens estão “fortemente indiciados pela prática de crimes de roubo à mão armada, tentativa de homicídio, violação e sequestro”, indicam as autoridades.

A detenção ocorreu, em Espanha, no âmbito do cumprimento de mandados de detenção europeus emitidos pela autoridade judiciária portuguesa.

Segundo o comunicado da Polícia Judiciária, “vão ser desencadeados todos os mecanismos de cooperação judiciária internacional” para que os suspeitos do sexo masculino sejam extraditados para Portugal e presentes à autoridade judiciária competente, para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Fotografia: Direitos Reservados.