Empresa identificada em Alenquer por descarga ilegal de águas residuais

Em comunicado, o Comando Territorial de Lisboa, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Alenquer, na passada quarta-feira, dia 2 de outubro, realizou uma operação de fiscalização a uma empresa de produção de produtos químicos, por suspeita de descargas ilegais em águas residuais, no concelho de Alenquer.

No seguimento de uma denúncia que reportava uma descarga de águas residuais para os recursos hídricos, os militares deslocaram-se ao local, tendo sido confirmada a referida descarga.

Segundo a responsável pela área ambiental da empresa, a mesma terá sido feita de forma involuntária.

A empresa foi identificada e foi elaborado o respetivo auto de notícia por contraordenação por descarga ilegal de águas residuais, punível com coima até 44 mil euros.

Os factos foram remetidos à Agência Portuguesa do Ambiente, para instrução do respetivo processo.

Fotografia : Direitos Reservados