Câmara do Cadaval implementa medidas de redução de contacto social nos serviços

Por indicação do delegado de saúde, o Município está a implementar um conjunto de medidas adicionais que visam minimizar o contacto social nos serviços municipais.

O Município apela assim, em comunicado, aos munícipes, e cidadãos em geral, para que possam reduzir as deslocações à Câmara Municipal ao estritamente necessário.

“A comunicação com a autarquia deverá, preferencialmente, ser efetuada por telefone ou e-mail, evitando-se ao máximo deslocações à Câmara Municipal. Decidiu a edilidade, nesse sentido, reforçar o atendimento telefónico”, acrescenta a mesma fonte.

O comunicado diz ainda que, o atendimento do balcão único camarário, por seu turno, “estará condicionado, sendo que os demais serviços de atendimento vão mesmo estar encerrados quanto ao contacto físico, mantendo-se, contudo, o atendimento por telefone ou e-mail”

As medidas gerais temporárias, com efeitos a partir do dia de hoje, na sequência do Plano Nacional de Preparação e Resposta à Doença do Coronavírus (Covid-19) e das orientações emanadas pela Direção-Geral da Saúde as respetivas medidas de contenção são as seguintes.

Encerramento das seguintes instalações municipais:

• Piscina Municipal, Pavilhões Municipais

• Biblioteca Municipal, Museu, Centro de Interpretação Ambiental e Real Fábrica do Gelo

Suspensão das seguintes atividades:

• Atividades desportivas, culturais e sociais promovidas pelo Município ou por parceiros que utilizem as instalações municipais;

• Atividades da Universidade Sénior

• Visitas de lazer, de turismo ou de âmbito cultural promovidas pelo Município;

• Apoios logísticos às atividades promovidas pelas associações ou outros parceiros;

• Feiras em todo o território municipal;

• Cedência de espaços municipais e de autocarros;

• Licenciamento de qualquer tipo de eventos em todo o território municipal;

• Deslocações ao estrangeiro de membros do executivo municipal e de todos os funcionários da Câmara Municipal e restrição das deslocações dentro do país.

• Serviços da componente de apoio à família (refeições, prolongamento de horário e atividades nas interrupções letivas), enquanto os estabelecimentos de educação e ensino estiverem encerrados;

Manutenção dos seguintes serviços:

• Atendimento ao munícipe;

• Mercados Municipais;

• Parques e jardins de gestão municipal.

Estas medidas entram em vigor a partir de hoje, dia 13 de março, e prolongam-se até ao dia 30 de abril, sendo sujeitas a avaliação permanente, em articulação com as orientações das autoridades de saúde, conclui o comunicado.